Novo desafio do MIT Solve: repensando o plástico

Share
Foto de: Daniel Chekalov / Via: Unsplash

O plástico está em todas as partes, e é sobre isso que o programa Solve MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) e o IDB (Inter-American Development Bank) lançaram o desafio Rethink Plastics – Repensando o Plástico. Globalmente, mais de 400 milhões de toneladas de plástico são produzidas por ano e 36% desta produção é de plásticos de uso único. A cada ano, 8 milhões de toneladas acabam nos nossos oceanos. Os microplásticos (sabonetes, pasta de dente, glitter, fibras de roupas sintéticas) são encontrados em 83% das águas do mundo todo, segundo Orb Media.

É muito visível que este material tem poluído os nossos sistemas. Mas isso tem uma justificativa. Ele está em todos os lugares simplesmente porque é um material muito rico e poderoso. Ele é leve e maleável, e ao mesmo tempo durável e resistente. Ele pode assumir infinitas formas e cores, e tem ótimo desempenho para o design. E por isso está em todos os lugares: das solas de sapatos às lentes de contato, nos celulares, guardando o remédio, a comida na geladeira – e na própria geladeira também.

A resposta não é simplesmente vilanizar ou banir o plástico, sem desenvolver alternativas ou um entendimento mais profundo das aplicações em que ele é, sim desejável. Mas o pouco cuidado com o design dos materiais, componentes e produtos, o relativo baixo custo e o mau gerenciamento da cadeia têm levado à poluição generalizada que agora atinge praticamente todas as partes do planeta. E é urgente repensarmos isso!

Solve MIT

Agora, o programa Solve MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) e o IDB (Inter-American Development Bank) lançaram o desafio Rethink Plastics – Repensando o plásticoE a nossa fundadora Léa Gejer, que é do grupo de liderança para a Economia Circular do Solve MIT, vai ver de perto os projetos como jurada do concurso.

O programa é voltado para soluções inovadoras que reduzam ou eliminem o uso de plásticos de uso único e o desperdício plástico na América Latina e no Caribe.  O desafio traz a pergunta:


Como os consumidores, as empresas e os governos da América Latina e do Caribe podem reduzir substancialmente ou eliminar plásticos de uso único e resíduos plásticos?”

O IDB (Inter-American Development Bank) e o MIT Solve estão buscando soluções inovadoras na América Latina e Caribe que:

  • Incorporem alterações nos modelos de negócios de uso de plásticos em embalagens e transportes;
  • Reduzam plásticos de uso único e resíduos plásticos promovendo mudanças no comportamento do consumidor e incentivando a reutilização e a reciclagem;
  • Permitam que o setor público, especialmente os municípios, possa testar e implementar sistemas novos e inovadores para o gerenciamento de resíduos.

O Desafio oferece US$ 60 mil em prêmios em dinheiro, com um prêmio máximo de US$ 30 mil. Além disso, as propostas vencedoras serão consideradas para um projeto piloto financiado pelo Grupo BID de até US$ 250 mil.

Para se inspirar

Para se inspirar, você pode dar uma olhada no que já publicamos sobre esse assunto:  sobre a questão do reaproveitamento dos plásticos na economia circular, se a proibição é o melhor caminho, sobre o problema dos microplásticos, e também sobre projetos inspiradores como embalagens laminadas recicláveis criadas com nanotecnologia, plásticos recicláveis para sempre no nível molecular, o processo da Sinctronics para reciclagem de ABS. Também compartilhamos os projetos finalistas e vencedores do concurso temático da OpenIDEO, em 2017, e da National Geographic, em 2019, ambos focados no desafio dos plásticos.

Você tem uma solução para este desafio? Veja aqui as regras oficiais do Desafio Rethink Plastics do Solve MIT. Você pode se inscrever apresentando a sua ideia (em português mesmo!) até dia 14 de janeiro de 2020!

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Continue lendo a postagem
NOVO CURSO

Sustentável ou circular?

Como fazer diferente, com critérios e com alegria!

Neste curso pioneiro, você vai exercitar um novo olhar para os desafios da sustentabilidade, com inspiração e critérios para desenhar um futuro circular e regenerativo, celebrar nossa presença neste planeta e nosso poder de transformação!

Deixe seus dados para entrar na lista de interesse e ficar sabendo assim que abrirem as inscrições.