Saiba como foi o Fórum de Economia Circular das Américas

Share

O primeiro Fórum de Economia Circular das Américas, o CEFA 2017, ocorreu em Medellín nestes dias 29 e 30 de novembro, e foi um sucesso! Uma das prioridades da Plataforma de Economia Circular das Americas – CEP-Americas, o encontro foi impecável em sua organização, chegando ao detalhe de ser realizado num dos locais mais inspiradores de Medellín, o Jardim Botânico da cidade. A propósito, Medellín é uma cidade linda, com uma arquitetura de alta qualidade e espaços públicos generosos e arborizados. Fiquei impressionado – a escala humana e a natureza estão sempre presentes.

 

O CEFA2017 foi um marco para nossa região, com a presença das escolas importantes da Economia Circular, desde Bill McDonough (Cradle to Cradle), Ken Webster (EMF), Lewis Perkins (C2CPII) e Mark Dorfman (Biomimicry). Além disso estavam representantes do Governo de Medellín, e algumas universidades e empresas. Ouvir a “Triple Helix” da Colombia debatendo soluções para a Economia Circular foi uma grande inspiração para buscarmos também aqui para o Brasil. Outra coisa que chamou atenção foram os eventos paralelos com a presença de agências multilaterais como PNUD e IBD.

Os debates foram amplos, neste momento focados em dois ângulos, principalmente: as diversas formas de atuar para a implementação da Economia Circular nos países das Américas, mantendo a consistência e ancorado aos fundamentos da EC, e as definições de estratégias e prioridades específicas para o contexto deste continente, em especial o papel social e econômico da EC nos países em desenvolvimento, respeitando as condições especiais da biodiversidade do ecossistema natural e das comunidades locais da nossa região.

Minha contribuição na participação do painel THE SOCIAL BENEFITS OF TRANSITIONING TO A CIRCULAR ECONOMY , sobre os benefícios sociais da Economia Circular para países em desenvolvimento (veja em www.tearfund.org/circular) foi muito bem recebida e desencadeou insights para uma nova fronteira para o paradigma econômico circular: como a “circularidade” de iniciativas locais existentes na realidade de países como o Brasil (e.g. redes de cooperativas de recicladores e a grande indústria; atividades informais de reuso, manutenção e produto-serviço; parcerias entre artesãos, designers e associações industriais; compostagem de resíduos orgânicos urbanos e agricultura urbana; produção de biogás e agroecologia para agricultura familiar na área rural) pode revolucionar o modelo de desenvolvimento sustentável e dar o “pulo do gato” direto para um modelo de “economia circular socialmente inclusiva”.

Muito importante também foi a grande oportunidade do grupo fundador da plataforma CEP-Americas que pode estar presente no evento, podendo se encontrar “ao vivo” e debater as estratégias e prioridades da Plataforma para 2018. Neste momento a liderança de Kevin de Cuba, idealizador do CEP-Americas e principal articulador de todo o evento CEFA2017, foi crucial e continua mostrando o quanto está comprometido para que a transição dos países americanos para a Economia Circular seja algo que produza um novo tipo de equilíbrio global para o desenvolvimento sustentável.

Em 2018 temos o desafio do segundo encontro CEFA no Chile, e de consolidar a plataforma CEP-Americas para colocar em prática ações e iniciativas no continente, com um modelo de atuação claro e consistente que seja horizontal e efetivo. Muita coisa para fazer, mas agora com representantes de todos os países do continente atuando juntos. Com energia e entusiasmo renovados, 2018 será o ano da Economia Circular nas Américas!

Autoria: Alexandre Gobbo Fernandes

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Continue lendo a postagem

Participe da Nossa Aula ao Vivo!

Entenda a mudança de olhar que vem inspirando uma nova geração de projetos - e como colocá-la em prática! Vai ser nos dias 23 e 24 de agosto.

Você vai aprender como identificar produtos e projetos realmente circulares. E, se pretende desenvolver seus próprios projetos ou produtos, vai ter novos instrumentos e inspiração para aplicar esse pensamento na prática! Para participar, é só se inscrever abaixo:

    Respeitamos a sua privacidade! Você pode se descadastrar a qualquer momento.